Linhas de Pesquisa


Educação Social, Educação Escolar e Inclusão Positiva

Pensar a Educação Social em seus diversos contextos e espaços: Escola, Rua, Prisões, Abrigos e Unidades Socioeducativas. Gerar subsídios que atendam às expectativas e necessidades da sociedade contemporânea, valorizando a criação de espaços educativos para a formação de educadores e educandos.Pensar na escola e na universidade inclusiva, que reconheçam as diversidades, a multiculturalidade e as potencialidades de cada ser humano e reflita sobre os processos educativos diversos.

Palavras-chave: Educação Escolar. Educação Social. Educação Não-Escolar. Diversidade Cultura e Social.  Inclusão. 

 

História Social, Memória e Desafios Contemporâneos

Refletir sobre história social, memória e desafios contemporâneos. Refletir sobre a humanização do parto no Brasil e sobre a infância segura. Criar espaço de diálogo que amplie a discussão sobre identidade de gênero e empoderamento. Criar ações extensões, pesquisas e formação de militantes das áreas sociais e defensores dos direitos humanos, partindo da epistemologia e ontologia fenomenológica de Merleau-Ponty em diálogo com orientação teórico-metodológica da Pedagogia de Paulo Freire

Palavras-chave: História Social. Diversidade Cultural. Memória. Identidade de Gênero. Humanização do parto.

 

Trabalho, Pobreza e Situação de rua

Compreender os processos políticos, econômicos, culturais e sociais presentes nas relações de sociabilidade, gerando desigualdades, preconceitos e outras formas violências que atingem, principalmente, as pessoas mais pobres. Refletir sobre as diversas formas de trabalho: emprego, lícito, ilícito, temporário e desemprego. Refletir sobres os fatores que geram a injustiça social e a violação ou negação de direitos, principalmente no que se refere às pessoas em situação de rua.

Palavras-chave: Pobreza, Pessoas em situação de rua, Identidades. 

  

Direitos Humanos, Igualdade Racial e Interculturalidade

Compreender os processos políticos, econômicos, culturais e sociais presentes nas relações de sociabilidade, gerando desigualdades, preconceitos e outras formas violências que atingem, principalmente, as pessoas mais pobres. Refletir sobre os fatores que geram a injustiça social, a violação ou negação de direitos, a intolerância e o racismo. Refletir sobre a escola e suas ações de inclusão de crianças e adolescentes em situação de risco pessoa e social.

Palavras-chave: Educação Escolar. Educação de Jovens e Adultos. Educação do Campo. Currículo. Inclusão Escolar. Educação Não-Escolar.